Por Redação em 06/10/2020

A ENGIE Brasil Energia vai promover um workshop para discutir a formação de preços por oferta dos agentes no Brasil. A ser realizado entre os dias 6 e 8 de outubro, o “Workshop Preço por Oferta” vai contar com a participação de especialistas do setor elétrico nacional e internacional.

Esse workshop é parte de um Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento liderado pela ENGIE e que conta com a cooperação técnica do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). O Projeto tem por objetivo apresentar de forma estruturada os caminhos possíveis e propor, dentre eles, quais seriam as melhores alternativas a serem tomadas para a implementação eficiente de formação de preços por oferta no Brasil. Está previsto também disponibilizar uma plataforma digital, já adaptada para a realidade brasileira, que permita que os agentes possam interagir e avaliar os efeitos práticos do funcionamento desse mecanismo.

“Durante o encontro, vamos debater com os agentes do setor todos os detalhes, os desafios e os benefícios dessa iniciativa, cuja razão de ser é a agregação à operação do sistema elétrico brasileiro toda a inteligência distribuída entre os agentes do mercado. Acreditamos que sua adoção representará um grande passo em direção à modernização do setor elétrico brasileiro, garantindo mais competitividade, previsibilidade de preços e melhor gestão de risco para as empresas”, destaca o diretor-presidente da ENGIE Brasil Energia, Eduardo Sattamini.

Serão duas horas diárias de evento com palestras e mesas redondas, com presenças confirmadas de executivos da ENGIE, Ministério de Minas e Energia (MME), CCEE, ONS e da consultoria PSR, além de palestrantes nacionais e internacionais. Para facilitar a interação com os palestrantes de língua estrangeira, haverá profissionais tradutores intérpretes. O encontro online terá transmissão por meio do YouTube e do Facebook.

Para conferir a programação completa e fazer a inscrição para o workshop, basta acessar o link.