Por Redação em 24/05/2021

A ENGIE, maior empresa privada de energia do Brasil, atuando em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transporte de gás e soluções energéticas, venceu a licitação aberta pelo CIDES (Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba) para prestar serviço de Iluminação Pública para dez municípios da região mineira.

O contrato prevê a manutenção da infraestrutura de iluminação das cidades, beneficiando a comunidade local. Os municípios de Araporã, Campina Verde, Cascalho Rico, Douradoquara, Estrela do Sul, Grupiara, Indianópolis, Monte Alegre de Minas, Prata e Santa Vitória receberão investimentos que somam R$ 11,8 milhões.

“O projeto vai trazer benefícios como mais segurança e uma melhor qualidade de vida para a população do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Para nós, a iluminação pública representa uma porta de entrada ao desenvolvimento. Nesse contexto, a ENGIE tem atuado como parceira de diversas cidades do mundo, por meio de projetos que agregam inteligência, economia para os municípios e respeito ao meio ambiente”, ressaltou Leonardo Serpa, diretor-presidente da ENGIE Soluções.

ENGIE e iluminação pública no Brasil

A ENGIE opera cerca de 400 mil pontos de luz no Brasil, em cidades como Florianópolis, Joinville, Blumenau e Santos, além das PPP de Uberlândia (MG) e Petrolina (PE), onde os projetos já estão em operação e implantação, respectivamente. No mundo, o total é de 1,5 milhão de pontos. A empresa desenvolve soluções especializadas em iluminação pública e mobilidade que contribuem para tornar a infraestrutura urbana mais segura, eficiente e sustentável.

Em 2019, a ENGIE venceu a Parceria Público Privada de Uberlândia, onde opera 90 mil luminárias mais eficientes, gerando economia de energia para a cidade. Já está em curso ainda instalação de iluminação cênica em de pontos turísticos e reforço na nas áreas menos iluminadas e principais vias de tráfego.