Por Redação em 12/06/2020

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) estima que a pandemia da Covid-19 pode causar uma redução de 6% nas emissões de gases de efeito estufa, porém não é suficiente para interromper o aquecimento global.

Petteri Taalas, secretário-geral da OMM, destacou que a diminuição temporária das emissões não substitui a ação climática sustentada. Ele solicitou que os governos incluam nas estratégias de recuperação econômica pós-covid iniciativas de proteção ao meio ambiente.

Temperatura do planeta continua aumentando

O relatório Clima Global 2015-2019 da OMM, publicado em 17 de março, alerta que se vai se tornando mais difícil enfrentar os riscos climáticos e relacionados à água, que se agravam devido às alterações do clima. A publicação aponta  que crises econômicas anteriores muitas vezes foram seguidas de uma recuperação ligada a um crescimento de emissões muito maior que a fase anterior.

O documento prevê que poderá ocorrer uma subida da temperatura global, especialmente em altas latitudes e regiões subtropicais. O aquecimento será mais lento nos oceanos, principalmente no Atlântico Norte e no Sul.

No período de 2015-2019, o aumento médio da temperatura foi de 1,1° C , historicamene foi a fase mais quente desde a era pré-industrial.

Além da pandemia: homem no centro das mudanças climáticas

A Teoria das Mudanças Climáticas afirma ser o aquecimento global, provocado pelas atividades humanas que emitem gases de efeito estufa, o responsável pela mudança do clima.  A maior parte dos artigos científicos  escritos por pesquisadoras das mais diversas áreas, tais como meteorologistas, geólogos, químicos, físicos, engenheiros, paleontólogos concordam com a tese de que o aquecimento global, provocado pelo homem, está causando as Mudanças Climáticas.

Sobre a ENGIE

A ENGIE é a maior empresa privada de energia do País, atuando em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transporte de gás e soluções energéticas e de infraestrutura. Além disso, a empresa está engajada proativamente em tornar-se líder na transição energética rumo a uma economia de baixo carbono. No mercado global, a empresa também é uma das líderes deste segmento, sendo referência em energia renovável e serviços de baixo carbono.

Saiba mais